Um rapaz que se identificou como James Oliveira Machado, 23 anos, foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (13), por roubo de carro. Ele havia acabado de assaltar uma mulher, no bairro Seminário, em Curitiba, foi perseguido pela polícia e preso após bater o veículo contra um poste, no Campo Comprido. Apesar da pancada forte, o assaltante não se feriu. O roubo desta quinta-feira entra para uma preocupante estatística de Curitiba. Na capital, em média, são roubados 26 carros por dia.

Foto: Colaboração PM
Foto: Colaboração PM

O assalto ocorreu por volta das 8h, em frente a uma clínica de fisioterapia da Rua Jaime Veiga, no Seminário, onde a vítima chegava para um tratamento. O ladrão, armado com um revólver calibre 38, abordou a mulher, mandou ela entregar o carro e não reagir. Caso contrário, iria matá-la. A mulher entregou o Honda Civic e já pediu ajuda para chamar a polícia.

Os soldados Iorio e Kirthner, do 12.º Batalhão da Polícia Militar, estavam em patrulhamento pelo bairro Santa Quitéria, quando ouviram a ocorrência pelo rádio e seguiram na possível rota de fuga do suspeito. Localizaram o carro, mandaram o motorista parar, mas o suspeito não obedeceu. “Houve o acompanhamento tático. O suspeito entrou em contramão, quase colidiu contra vários veículos e quase atropelou pessoas”, contou a soldado Kirthner.

Ao entrar na Rua Ayrton Greiffo, no Campo Comprido, James perdeu o controle da direção e bateu forte contra um poste, que foi derrubado. A frente do Civic ficou inteira destruída, mas o ladrão não se feriu, graças à proteção do airbag. O fugitivo não reagiu à prisão e os policiais ainda recolheram com ele o revólver usado no roubo.

James foi levado à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), onde a vítima o reconheceu. O suspeito foi autuado em flagrante e está preso. Segundo a PM, ele já tinha uma passagem por roubo de veículo.

Foto: Colaboração PM
Foto: Colaboração PM