A manhã desta terça-feira (23) começou com mais uma tragédia na PR-418, o Contorno Norte, mas dessa vez o acidente aconteceu durante uma perseguição policial. Uma mulher que estava num Renault Clio e fugia da Polícia Militar (PM) foi ejetada do veículo e morreu na hora. O carro capotou.

O acidente aconteceu por volta das 6h40, mas o acompanhamento começou bem antes, por volta das 6h, na Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). O casal, que estava no Clio, fugiu durante uma tentativa de abordagem, mas foi seguido.

Foto: Colaboração.
A mulher foi ejetada do veículo e morreu  na hora. Foto: Colaboração.

O acompanhamento dos policiais durou até o Contorno Norte, já em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), quando o motorista se envolveu num acidente e, sozinho, capotou o veículo. A passageira, uma mulher que teria mandado de prisão em aberto, foi ejetada do carro e morreu na hora.

Mesmo vendo a passageira que, possivelmente, seria sua namorada morta, o rapaz que dirigia o carro fugiu do local sem olhar para trás. Buscas são feitas nas regiões próximas, mas ninguém foi localizado pelos policiais.

Pelo caminho

A perseguição durou mais de 30 quilômetros. Segundo a PM, pelo caminho, a passageira foi jogando alguns objetos pela janela do carro. Os policiais não souberam dizer o que foi jogado, porque não podiam parar para verificar, para que não perdessem o casal de vista. A suspeita é de que tenham jogado papelotes de droga ou algum objeto que precisavam esconder caso fossem finalmente abordados.

Foto: Colaboração.
Pelo caminho a dupla jogou alguns objetos e o motorista fugiu ao capotar. Foto: Colaboração.