Uma jovem de 25 anos morreu abraçada com a filha, de 4, que também foi atingida pelos disparos e não resistiu, na noite desta sexta-feira (12). O crime aconteceu por volta das 20h30, na Rua Tiriva, bairro Califórnia, em Araucária, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Além das duas, o pai da menina também foi baleado, mas sobreviveu.

Segundo a Polícia Militar (PM), o carro em que pai, mãe e a menina estavam foi seguido por ocupantes de um Cobalt prata. Dentro do carro, dois homens encapuzados e armados já estavam prontos para executar os três.

Quando o veículo finalmente conseguiu parar ao lado do Fox da família, no cruzamento das ruas Tiriva com Tangará, a dupla efetuou vários disparos e não poupou sequer a criança. Rodrigo de Oliveira Camargo, 30 anos, perdeu a direção do carro ao ser atingido e bateu numa árvore.

Com a criança no colo, esposa de Rodrigo, Cristiane Munhoz, de 25, morreu abraçada à filha. O homem ainda conseguiu abrir a porta do carro e tentar sair correndo. Ele parou em frente a uma casa para pedir socorro e acabou sendo atropelado. Rodrigo foi socorrido, pelo Siate, e encaminhado ao Hospital do Trabalhado em estado grave.

Conforme a PM, a intenção dos atiradores era certamente executar o casal e a criança pode ter sido atingida porque estava no colo da mãe. A PM informou que tanto Cristiane, como Rodrigo, tinham passagens pelo sistema prisional. As investigações ficam sob-responsabilidade da Delegacia de Araucária, que já apura uma suspeita inicial levantada ainda no local do crime.

Carro só parou ao bater numa árvore. Foto: Marco Charneski.
Carro só parou ao bater numa árvore. Foto: Marco Charneski.