A Polícia Civil de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), tem mais um crime ligado ao Condomínio Serra do Mar para investigar. Na noite desta terça-feira (16), uma mulher de 45 anos foi sequestrada do residencial e levada ao bairro Quissisana para ser assassinada, mas escapou por se fingir de morta.

O crime aconteceu por volta das 22h30, depois que a mulher foi retirada de dentro do condomínio que é conhecido como Condomínio da Morte. Ela foi levada até a Rua João Alves Figueiredo, onde os atiradores dispararam quatro vezes e fugiram achando que a mulher tinha morrido.

LEIA MAIS: Entenda por que o Condomínio Serra do Mar tem sido chamado de Condomínio da Morte

Momentos após a saída dos criminosos, uma viatura da Polícia Militar (PM) passava pelo local e a mulher conseguiu chamar os policiais e contou que tinha se fingido de morta. Os PMs viram que ela estava ferida, chamaram o Siate e ela foi encaminhada, em estado grave, ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba.

Essa tentativa de assassinato é investigada pela Delegacia de São José dos Pinhais, responsável pela apuração de todos os outros crimes no Condomínio da Morte, que já registrou mais de 30 assassinatos. A polícia já tem algumas suspeitas sobre o motivo do sequestro da mulher, mas não divulgou nenhuma informação sobre os atiradores.

LEIA TAMBÉM: Polícia esclarece crimes no Condomínio da Morte, mas falta prender gente!