Com duas mortes provocadas por ferimentos de arma de fogo e uma por choque elétrico, o Natal foi violento em alguns bairros de Curitiba e Região Metropolitana (RMC) entre a tarde desta segunda (24) e a madrugada desta terça-feira (25).

A primeira situação foi registrada no município de Pinhais, na Região Metropolitana, onde um homem morreu eletrocutado num lava-car localizado na Rua Juscelino Kubitschek, bairro Vila Amélia. Segundo a Polícia Militar (PM), tudo aconteceu no início da tarde da última segunda-feira, quando o rapaz, que trabalhava no estabelecimento, acabou levando um choque enquanto operava uma mangueira lavadora de alta pressão. Tanto a polícia quando o Sistema Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foram acionados para atendimento da ocorrência, porém, sem chances de ser socorrido, o homem morreu no local.

+Leia também: Presos de Piraquara são transferidos, pra evitar nova fuga de ‘chefões’ de facção criminosa

A segunda morte foi registrada em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), onde um adolescente de apenas 15 anos foi alvejado com um tiro na nuca. A situação foi registrada já na madrugada desta terça-feira (25) por volta da 1h30, na Rua Felício Godoy Bueno, bairro Guarituba. A identidade do jovem não foi revelada e, segundo a Polícia Militar (PM), os autores do homicídio ainda não foram identificados.

Já a terceira ocorrência, registrada na manhã desta terça-feira, aconteceu no bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Segundo a PM, um homem de 27 anos, identificado como Jaisson Romano de Olveira, morreu após levar 3 tiros. A situação foi registrada na Rua Engenheiro Eduardo Afonso Naldony, na altura do número 978. Segundo a Polícia Militar, o homem já tinha passagens pela polícia. Nem autoria nem motivação do homicídio foram identificadas e a situação segue sob investigação da Polícia Civil.

Sete pessoas morrem de maneira violenta no início do feriado de Natal