Dois homens, autores do atropelamento que matou o tenente Taborda, na noite da última segunda-feira, morreram em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) na manhã desta terça-feira (3). O tiroteio foi durante uma tentativa de abordagem, dentro do clube da empresa Bosch, às margens do Contorno Sul, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

Conforme o Bope, depois do atropelamento, em que a dupla jogou uma Fiat Toro em cima do tenente e o matou, os dois homens fugiram e invadiram o clube. O confronto aconteceu no interior do setor social da montadora de ferramentas e materiais gerais, que suspendeu os serviços nesta terça-feira para facilitar o trabalho da PM.

“Logo depois do atropelamento, nossas equipes fecharam o cerco e começaram a buscar pelos dois homens. Nós sabíamos que eles tinham se escondido no matagal do clube e adotamos uma medida para que dali não saíssem”, explicou o tenente-coronel Hudson, do Bope.

Conforme os policiais, durante toda a madrugada, as equipes permaneceram atrás dos dois homens até que pela manhã eles foram encontrados. “Houve uma tentativa de abordagem, mas eles não acataram e trocaram tiros com os policiais”.

O tenente-coronel avaliou que toda a situação, a começar pela morte do tenente Taborda, poderia ter sido evitada pelos bandidos. “Se eles tivessem se entregado no momento em que foram abordados após o assalto em Fazenda Rio Grande, nada disso teria acontecido, mas preferiram encarar e ainda tiraram a vida de um pai de família”, desabafou.

Confira a entrevista com o tenente-coronel Nivaldo e com o tenente-coronel Hudson:

O local do confronto ficava a alguns metros da entrada do clube, para dentro do mato. Depois do tiroteio, os socorristas do Siate foram acionados, mas nada puderam fazer porque ambos os bandidos morreram na hora.

Com eles, os policiais apreenderam um revólver e uma pistola. A dupla, embora não tenha sido identificada, foi reconhecida pelas vítimas do assalto na RMC. Na ação, que aconteceu no bairro Santa Terezinha, os dois bandidos invadiram um comércio e levaram dinheiro, pertences e usaram a Fiat Toro do dono do estabelecimento para fugirem.

O policial e sua equipe tentavam deter os marginais, quando o carro com a dupla apareceu repentinamente. O bandido que dirigia jogou o veículo em cima do policial, que foi arremessado a, aproximadamente, 50 metros. Mesmo sendo socorrido, ele não resistiu. A dupla de assaltantes fugiu para o matagal, onde passou a madrugada escondida e pela manhã acabou morta.

Veja também

Nossa equipe acompanhou o trabalho da polícia na busca pelos suspeitos: