O motorista de ônibus Edmilton José de Melo, de 45 anos, foi assassinado durante um arrastão que ocorreu no ônibus que ele dirigia, no início da noite deste sábado (22), em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Os bandidos fizeram uma “limpa” nos passageiros e na saída, sem motivo aparente, atiraram contra o motorista.

Segundo informações da Polícia Militar, Edmilton conduzia a linha Curitiba / Jardim Paulista e parou num dos pontos da BR-116, na altura da Vila Zumbi dos Palmares, para que um casal que estava na parada embarcasse. Logo que o casal subiu no coletivo, mais dois homens entraram junto e os quatro anunciaram o roubo.

Conforme informações preliminares da Polícia Civil, os marginais já estavam terminando de retirar dinheiro e celulares dos passageiros, quando o motorista reagiu. Acredita-se que ele imaginou que a arma usada por um deles fosse de brinquedo e tentou toma-la do assaltante, que reagiu atirando. Os quatro suspeitos fugiram para dentro da vila e ainda não há a identificação deles. Acredita-se que sejam moradores da região.

Velório

O velório de Edmilson será no município de Bocaiúva do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, na capela bem na entrada da cidade, a partir das 16h30 deste domingo (23). O sepultamento também deverá ser na cidade, mas ainda não há horário definido.

Repúdio e protesto

Em nota oficial emitida pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) logo após o ocorrido, a entidade, convoca a categoria e a sociedade para um protesto, que deve correr às 15h desta segunda-feira (24), na Praça Rui Barbosa. O intuito é pedir câmeras de vigilância nos coletivos. Confira a nota na íntegra:

“O Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Sindimoc) está convidando motoristas, cobradores e também os usuários do transporte coletivo (especialmente aqueles já vitimados por arrastões e assaltos) para protesto e lançamento da campanha “FILMADORA JÁ”.

O protesto ocorre nesta segunda-feira (24), às 15h00, na Praça Rui Barbosa, e visa exigir instalação de sistemas de monitoramento por câmera em todos os ônibus de Curitiba e Região Metropolitana.

Na noite de sábado, durante arrastão de ônibus na linha N74 – Curitiba / Jd. Paulista, em Colombo, o motorista do coletivo, Edmilton José de Melo, de 45 anos, foi brutalmente assassinado. Quatro assaltantes fugiram pela vila Zumbi, segundo relatos das vítimas assaltadas.

“Com o efetivo que temos na Polícia Militar, apesar de toda a boa vontade e profissionalismo da instituição, é humanamente impossível coibir a gigante onda de criminalidade que vem assombrando Curitiba e Região Metropolitana. Por isso, o Sindimoc reitera a necessidade de instalação de câmeras de monitoramento”, explica Anderson Teixeira, presidente da entidade.”