O motorista de um ônibus linha Curitiba-Jardim Ipê, que liga a capital ao município de São José dos Pinhais, na região metropolitana, foi esfaqueado durante um assalto na noite desta terça-feira (17). O trabalhador, de 43 anos, dirigia o coletivo pelo bairro Jardim das Américas quando foi abordado pelos assaltantes.

O trabalhador parou o ônibus em um ponto perto de um supermercado e de um shopping e vários passageiros embarcaram. O último deles era um rapaz alto, de pele branca, usando boné e camiseta preta, carregando uma mochila nas costas. Ele estava acompanhado de uma garota loira, de cabelos cacheados.

“Esse rapaz mostrou a faca e pediu para o motorista seguir com o ônibus. Após receber a resposta negativa, ele golpeou o motorista com uma facada no ombro. Em seguida, o casal roubou o celular da cobradora e mais R$ 40 que estavam no caixa do coletivo”, informou o soldado Edilson Antônio Garcia, da Polícia Militar.

Ferido e com medo

Depois de esfaquear o trabalhador e cometer o assalto, o casal atravessou uma passarela que passa por cima da BR-277 e fugiu rumo ao bairro Cajuru. Ferido e com medo que os marginais voltassem, o motorista dirigiu por mais algum tempo, então parou e chamou a polícia. “Muitos passageiros começaram a gritar, ficaram em pânico. Não sei se levaram algum pertence de alguém além da cobradora. Foram momentos de muita tensão”, relatou o motorista.

Leia mais: Câmeras flagram arrastão dentro de ônibus em Curitiba

Apesar de ter perdido bastante sangue, o estado de saúde dele não era grave e estava fora de risco. Ele recebeu atendimento de uma ambulância da concessionária que administra esse trecho da rodovia e depois de conversar com os policiais, passando alguns detalhes sobre os assaltantes, o homem foi encaminhado ao hospital para cuidados complementares.

Diversas viaturas da PM fizeram patrulhamento nas ruas do Cajuru na tentativa de encontrar o casal responsável pelo assalto. “Temos feito várias ações para coibir este tipo de crime. Intensificamos as abordagens nos coletivos, justamente para barrar esses assaltantes”, garantiu o soldado Garcia.

Foto: Lineu Filho
Foto: Lineu Filho