Duas mulheres, de 30 e 31 anos, foram presas na tarde de quarta-feira (6), no momento em que tentavam abrir uma conta bancária usando documentos falsos. A ação aconteceu numa agência no bairro Batel e foi feita pelos policiais da Delegacia de Estelionato (DE) depois de uma denúncia.

Segundo a polícia, a informação passada aos investigadores era a de que as mulheres estavam na agência tentando abrir uma conta bancária e havia a suspeita de que os documentos fossem falsos. Assim que a equipe chegou até o banco, foi constatado que os documentos que a dupla portava eram realmente falsos.

O delegado-titular da especializada, Leonardo Carneiro, disse que as duas agiam sempre juntas, para não levantar suspeitas. “Uma entrava no banco e apresentava o documento falso, enquanto a outra esperava na parte externa do banco, observando a presença de policiais para poder alertar sua comparsa”.

Na delegacia, a dupla confessou a tentativa de golpe relatando que tentava abrir a conta para utilizar o limite e alguma linha de crédito decorrente do banco. As duas foram autuadas em flagrante pelos crimes de uso de documento falso e tentativa de estelionato.

Elas disseram que o documento falso foi comprado de uma pessoa em São Paulo (SP). As investigações seguem no intuito de identificar os fornecedores destes documentos, como também a existência de outras pessoas envolvidos no esquema. Uma das mulheres já tinha extensa ficha criminal, com passagens por estelionato, receptação, falsificação de documento público e associação criminosa.

Casal que sobrevivia de golpes deu prejuízo de mais de R$ 1 milhão