O Batalhão de Operações Especiais (Bope) deflagrou a Operação Pagamento na manhã desta sexta-feira (3), em Curitiba e Região Metropolitana. A ideia é reforçar a presença da PM nos principais eixos comercias e inibir os furtos e roubos. Ao todo, 160 policiais, em 40 viaturas, foram mobilizados numa ação que segue ao longo do dia, mas deveria ser permanente.

O lançamento da operação foi por volta de 8h do Quartel do Comando-Geral da PM, no Rebouças, em Curitiba. As equipes vão fazer patrulhamento mais intensivo, blitze e abordagens em locais de maior concentração de pessoas. O policiamento também vai ser reforçado nas proximidades de agências bancárias, casas lotéricas e comércios.

Segundo o tenente-coronel Hudson Teixeira, até mesmo policiais que estavam no serviço administrativo foram chamados para a ação desta sexta-feira. “Fizemos um mapeamento nos locais onde são registrados maiores números de roubos em Curitiba e RMC. Distribuímos as viaturas nos principais bairros”, explicou.

O compromisso da operação é trazer sensação de segurança à população e fazer com que as pessoas não sintam medo de andar na rua. “Principalmente nesse período quando a comunidade que busca estabelecimentos bancários, as empresas fazem o pagamento dos seus funcionários, enfim, para que haja mais tranquilidade nesses dias”, disse o coronel Antônio Zanatta Neto.

Celular de Peterson tinha vídeos em que Renata Larissa aparecia nua e algemada em matagal