Uma grande quantidade de produtos roubados foi encontrada pela polícia nas primeiras horas desta quinta-feira (5), em duas casas no Boqueirão, em Curitiba. Os produtos de todos os tipos eram oriundos de cargas com boletins de ocorrência registrados na Delegacia de Furtos e Roubos de Cargas (DFRC), que iam desde geladeiras, máquinas de lavar e microondas até sabonetes, fraldas, cerveja, chapinhas de alisar cabelo e eletrônicos. Produtos alimentícios como queijos também estavam armazenados em uma das residências. A imagem dois locais impressiona. A um primeiro olhar, parece que se está entrando em um grande bazar. A Polícia Civil chegou a levar um caminhão baú para poder apreender a carga. Um homem de 49 anos foi preso.

+ Leia mais: Torcedor do Athletico é agredido até ficar inconsciente no Terminal do Cabral

Segundo o delegado Cássio Conceição, da DFRC, a polícia chegou ao suspeito por uma denúncia. “A investigação se iniciou a partir de uma informação que recebemos. Ao adentrar nos locais, verificamos a variedade e quantidade de produtos. Da linha branca, como chamamos, havia pelo menos 14 geladeiras com boletim de ocorrência registrado. Também uma grande quantidade de queijos que já foram, inclusive, reconhecidos pelo dono”, afirmou Conceição.

Sabonetes estavam entre os produtos apreendidos. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná.
Sabonetes estavam entre os produtos apreendidos. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná.

A polícia apurou que o suspeito fazia a receptação da carga roubada e também revendia os produtos. “Os negócios eram feitos de diversas formas, até pela internet. Para se ter uma ideia da quantidade de produtos, a operação começou pela manhã e, agora à tarde, ainda estamos fazendo o levantamento de tudo o que tem aí. Faremos um esforço para poder carregar tudo no caminhão”, explicou o delegado.

+Leia também: Preso suspeito de matar homem e ferir outro em atentado no Alto Boqueirão

As casas ficam próximas uma da outra. O proprietário delas, segundo a polícia, seria o próprio suspeito. O endereço de uma delas é na Rua Batolomeu Lourenço de Gusmão.

Pelo menos 14 geladeiras foram encontradas. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná.
Pelo menos 14 geladeiras foram encontradas. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná.

Em um dos locais estavam os queijos. Na outra residência, na parte interna e também no lado de fora, havia geladeiras, computadores, eletrônicos, cerveja, sabonete, toalhas, fraldas, embalagens plásticas de marmita, copos, frios, secadores, ventilador, pranchinha de cabelo, cadeira de bebê, torradeira, cafeteira, toalhas, taças e até chinelos.

A DFRC apura a participação de outras pessoas no esquema. Já o suspeito preso nesta quinta-feira deve responder por receptação qualificada, por receber e vender os produtos roubados. Se condenado, pena pode variar de 3 a 8 anos de reclusão. Ele já tinha uma passagem criminal por lesão corporal.

Queijos e outros alimentos foram encontrados pela polícia. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná.
Queijos e outros alimentos também eram comercializados pelos suspeitos. Foto: Átila Alberti/Tribuna do Paraná.

Ladrão de carro morre em estacionamento de mercado após ser baleado por policial de folga