A Polícia Civil pede ajuda da população para localizar o suspeito pelo assassinato de um vendedor de churros em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. O crime aconteceu na noite da última segunda-feira (3) em uma tentativa de assalto, e o retrato falado foi divulgado na tarde desta quinta-feira (6).

De acordo com a polícia, o autor do crime tem aproximadamente 21 anos, pele branca, barba rala, cabelos escuros e curtos. Além disso, tem altura média, porte magro e vestia jaqueta de nylon preta, calça jeans, tênis e um boné preto com símbolo branco.

Essa foi a descrição das testemunhas que presenciaram o criminoso matar com frieza o jovem Felipe Rodrigues de Oliveira, de 24 anos, com um tiro no rosto. Segundo elas, o rapaz passava pela Rua Odete Cincora Pereira da Cunha, no Jardim Nezita, quando foi abordado pelo ladrão.

A vítima entregou R$ 20 do caixa, mas o bandido teria reclamado ao afirmar que era pouco dinheiro e resolveu levar o veículo que Felipe usava para vender seus produtos. O empreendedor reagiu para defender seu instrumento de trabalho e entrou em luta corporal com o assaltante.

Moradores da região disseram que Felipe conseguiu se desviar do primeiro tiro, mas não teve a mesma sorte no segundo, que foi fatal. O rapaz, que era vigilante e trabalhava com o carrinho de churros para complementar a renda, morreu no local. Ele completaria 25 anos nesta terça-feira (4).

Denúncias

Segundo o delegado João Marcelo Chagas, da Delegacia do município, o bandido usou um revólver calibre 38 preto de cano curto e fugiu em direção ao Jardim Paulista. As investigações continuam e qualquer informação a respeito do suspeito devem ser passadas à delegacia pelo telefone (41) 3676-1135.