Um furto flagrado por um policial militar da Corregedoria da PM acabou com um assaltante morto e outro baleado na manhã desta terça-feira (30). O carro dos bandidos parou só depois de invadir o terreno da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Apesar do susto, nenhum aluno se feriu.

+Viu essa? “Seu problema é falta de sexo”, diz sargento para uma colega de farda em Curitiba

Conforme apurou a reportagem, era por volta das 10h quando a dupla de assaltantes tentava furtar estepe de um carro em frente ao prédio da Corregedoria Geral da Polícia Militar. Um policial viu a ação, na Rua Jóquei Clube, tentou abordar os dois e trocou tiros com os bandidos, que fugiram.

Na Rua Imaculada Conceição, por estarem feridos, os bandidos perderam o controle e invadiram a universidade. Um deles morreu na hora, dentro de um Fox. O segundo assaltante saiu do veículo e correu. De acordo com funcionários, que viram a situação, ele entrou na capela da universidade e pediu socorro.

A primeira informação era a de que o carro usado pelos bandidos era do policial, mas logo depois a PM confirmou que não. Dentro do veículo que estava com a dupla, os policiais encontraram três estepes e outros objetos usados para abrir carros, como chave mixa. Até um secador de cabelo foi recolhido de dentro do veículo.

Rotina segue

Um estudante, de 17 anos, contou à Tribuna do Paraná que todos os estudantes ficaram com medo, temendo que a situação fosse um atentado. “Meu bloco fica mais distante, mas ainda assim ouvimos os tiros e a orientação foi que todo mundo tentasse se abrigar. Depois, a própria universidade informou que poderíamos sair e que a situação não tinha nada a ver com um atentado”, disse o rapaz.

Por estar numa região tensa, o estudante disse que quase sempre os colegas ficam sabendo de alguma situação, mas sempre fora da universidade. “A PUC é muito segura, sempre têm muitos seguranças por aqui, não sinto medo dentro da universidade. O problema é a região mesmo”.

Em nota, a PUC-PR informou que sua equipe de segurança acompanhou toda a situação. O que aconteceu no estacionamento não colocou em risco a rotina do Câmpus, conforme o posicionamento oficial da instituição.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Ônibus pega fogo no meio do caminho em Curitiba! Situação assustou passageiros!