Acusado de estuprar uma menina de apenas 12 anos enquanto ela ia para a escola, um homem de 29 anos foi preso na tarde da última sexta-feira (1º), no bairro Águas Claras, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Informações apuradas junto à Polícia Militar (PM) do município dariam conta de que a menina revelou o acontecido a uma professora logo que chegou à escola e, a partir da descrição da própria menor, os agentes conseguiram localizar o homem.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segundo informações, a menina teria sido abordada pelo estuprador no caminho para o colégio quando ele, em um Fiat Uno vermelho, a teria coagido a entrar no veículo. Após estacionar em uma rua de menor movimentação, o homem a teria violentado no banco de trás do carro, utilizando uma toalha branca para abafar os gritos da menina. Depois de liberá-la nas proximidades de uma igreja o homem deixou o local.

+ Leia mais: Porteiro de empresa ônibus leva tiro na cabeça em tentativa de assalto; ladrão também foi baleado

Encaminhada à delegacia, a menor apresentou as características físicas do abusador e o reconheceu a partir de algumas fotos mostradas a ela pelos próprios policiais. Reconhecido o homem, uma equipe se deslocou à Rua Domingos Cordeiro, onde ele foi encontrado e preso em flagrante. No local também foi localizado o veículo utilizado para praticar o estupro, bem como a toalha branca empregada para silenciar a menina, que foi levada ao hospital onde passou por exames. Já o suspeito foi encaminhado para a 3ª DRP de Campo Largo, onde permanece à disposição da justiça.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

“Ele me machucou, mas eu o amo mesmo assim” diz filha presa suspeita de matar o pai a facadas