Um homem de 35 anos, identificado como Paulo Felipe de Castro, foi preso por policiais da Delegacia de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), após a polícia receber várias denúncias indicando que ele praticava o crime de estelionato vendendo os mesmos imóveis e carros para várias pessoas, pedindo um sinal de pagamento ou um objeto como garantia. A prisão aconteceu na última sexta-feira (23) na Rua Pedro Gawlak, bairro Fazenda Velha, e junto com o suspeito a polícia encontrou uma carteira funcional da Polícia Civil. As investigações apontam que ele é filho de um delegado aposentado.

“Essa carteira é falsa e não condiz com a carteira de delegado. A forma da colagem não está correta, mas mandaremos para a perícia.O Paulo vendia o mesmo apartamento para várias pessoas, dava golpes com carros e nesse ‘rolo’ sempre dava algo em troca”, explicou o delegado responsável pelo caso, João Marcelo Renk Chagas.

Com o suspeito, foram apreendidos máquinas de cartões de crédito e dinheiro em espécie. Foto: Gerson Klaina
Com o suspeito, foram apreendidos máquinas de cartões de crédito e dinheiro em espécie. Foto: Gerson Klaina

Paulo Felipe foi preso durante um encontro com uma vítima, momento em que ele receberia o pagamento referente à troca de um carro. Em uma das denúncias contra o suspeito uma pessoa afirma que teria trocado uma Mercedes/C220 por um Kia Sportage, mas acabou descobrindo que o carro era “pisera” e que tinha uma dívida de 180 mil. Além disso, tudo indica que ele agia no Paraná, Santa Catarina e até mesmo Rio Grande do Sul.

“A vítima foi até o banco, onde em contato com o gerente teve a ciência de que a dívida do veículo Kia passava de R$183 mil e que o boleto, o qual teria que pagar, estava em nome do banco, porém, o código de barras direcionava para uma outra conta de um terceiro, não sendo o banco beneficiário”, finalizou Renk.

+Leia também: Motorista de app que levou facada no pescoço em assalto recebe alta do hospital

As investigações apontam que o suspeito é filho de um delegado aposentado. Foto: Gerson Klaina
As investigações apontam que o suspeito é filho de um delegado aposentado. Foto: Gerson Klaina

Outra prisão

Outro homem, de 39 anos, identificado como Fabiano Augusto Claudionor, também foi preso suspeito de estelionato pela equipe da Delegacia de Araucária. Ele foi preso após uma das vítimas procurar a delegacia da Polícia Civil e informar que um homem estaria em frente à associação de rádio táxi, na Rua Pedro Gawlak, bairro Fazenda Velha, cobrando uma taxa, de R$100, em nome da Polícia Civil, com um jornal da associação de escrivães, além de uma taxa que seria destinada a Guarda Municipal da cidade.

Cristiana Brittes será indiciada por homicídio pela morte de Daniel