Policiais civis da Delegacia de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), cumpriram na manhã desta terça-feira (11), no bairro Fazenda Velha, dois mandados de prisão contra um homem de 27 anos e uma mulher, de 31 anos, suspeitos de sequestrar e manter em cárcere privado por quase três dias uma mulher de 25 anos.

+ Leia mais: Condenado por estuprar a enteada de 11 anos que estava foragido é preso em Curitiba

De acordo com a investigação, a vítima era usuária de drogas e foi sequestrada no dia 20 de novembro. A motivação do sequestro seria uma dívida que ela teria com os dois suspeitos. No cativeiro, a mulher sofreu agressões e teve os documentos retidos, mas foi solta por um terceiro homem, ainda não identificado, que cuidava do local.

“A família procurou a delegacia para registrar o Boletim de Ocorrência, onde consta que a vítima foi sequestrada dentro de casa. Conforme o relato dos familiares, dois homens entraram na residência e sob ameaças com arma de fogo levaram a vítima. A família também confirmou que ela era usuária de entorpecentes”, explicou o delegado Tiago Wladyka.

+ Leia mais: Empresário faz ‘gambiarra’ para desviar luz e acaba preso na Grande Curitiba

Ainda de acordo com Wladyka, “a vítima foi solta no limite do município de Campo Largo por esse terceiro homem, que disse a ela que iria alegar aos dois suspeitos que ela teria fugido por conta própria”, finalizou.

Os dois suspeitos têm passagens pela polícia por tráfico de drogas e devem ficar presos à disposição da Justiça. A polícia segue em diligências para identificar e prender o terceiro suspeito que teria envolvimento no caso.

Suspeito de matar policial disse que atirou contra Erick por ‘medo de ser preso’