Mais de vinte pessoas foram encaminhadas à Central de Flagrantes, no Centro de Curitiba, por suposto envolvimento com os crimes de prostituição, tráfico de drogas, furto, roubo e receptação. A Operação Rotatividade II, foi realizada pela Polícia Civil por meio da Divisão Policial da Capital (DPCap) junto do 1º Distrito Policial (DP), entre quinta (30) e sexta-feira (01), na região central de Curitiba. A ação contou também com o apoio da Guarda Municipal.

0a85b50c-d616-4f57-9a94-053e2332e62a

As abordagens aconteceram em hotéis e pensões do centro da cidade, tidos como pontos de prostituição. Ao todo, três estabelecimentos, situados nas ruas Comendador Macedo, Presidente Carlos Cavalcanti e Avenida Sete de Setembro, foram vistoriados. Nos locais foram encontrados 13 aparelhos celulares utilizados para atividades ilícitas, drogas, máquinas de cartão e aproximadamente R$ 2,4 mil em dinheiro.

Das 23 pessoas conduzidas, 4 foram presas. Três chilenos – dois de 24 anos e um de 38 – foram presos em flagrante, pelo crime de receptação e associação criminosa. Junto com eles, uma mulher de 28 anos também foi autuada em flagrante, desta vez por exploração de casa de prostituição e posse de drogas para consumo.

Juliana Dalacqua, delegada responsável pela operação, explica que os locais escolhidos para a realização das abordagens já eram, há tempos, alvo de reclamações por parte de vizinhos e comerciantes próximos. “Esses estabelecimentos vinham sendo denunciados há muito tempo pela facilidade de locação de quartos, sem realização de registro de entrada e saída de hóspedes e, tampouco, apresentação de documentos de identificação”, disse.

Leia mais: Homem é preso ao tentar abusar de menina em Curitiba

As outras pessoas conduzidas na ação foram ouvidas e liberadas.

9305a1d4-936a-4a07-a906-0840f51af8cf