Quatro pessoas, suspeitas do assassinato de um rapaz, de 24 anos, no pátio de um posto de combustíveis às margens da BR-376, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC), foram presas pouco tempo depois do crime, no final da madrugada desta sexta-feira (5). Toda a ação foi feita por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que agiu rápido assim que soube do homicídio.

Os policiais contaram que, logo depois do crime, por volta das 4h30, estavam em patrulhamento quando passaram por um Ônix abandonado no acostamento, na altura do quilômetro 661. Ao retornarem, os policiais encontraram outro carro, um Siena, com uma mulher e um homem parados como se estivessem esperando alguém.

Mais à frente, num barranco, dois homens tentavam se livrar de uma espingarda calibre 12, possivelmente a usada no crime. Com um deles, estava a chave do Ônix abandonado. Diante disso, as quatro pessoas foram presas em flagrante e encaminhadas à Delegacia de São José dos Pinhais.

Conforme a PRF, o homem foi morto dentro de um Celta, no posto que fica no quilômetro 521. Um rapaz, que estaria junto com a vítima, foi poupado. Apesar da prisão, a PRF informou que a motivação do crime ainda está sendo investigada pela Polícia Civil.

Com os presos, foi apreendida uma espingarda calibre 12. Foto: Divulgação/PRF
Com os presos, foi apreendida uma espingarda calibre 12. Foto: Divulgação/PRF