Quatro jovens, entre eles dois adolescentes, foram detidos pela suspeita de participação na morte do paratleta José Agmarino de Jesus Coelho, 49 anos. O homicídio aconteceu no domingo retrasado (2), dentro do Condomínio Serra do Mar, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Devido aos recorrentes casos de violência, o conjunto de prédios ficou conhecido como “Serra do Mal” ou “Condomínio da Morte”.

Segundo o delegado Amadeu Trevisan, o trabalho de investigação começou logo após o crime e a polícia conseguiu identificar cinco suspeitos de envolvimento no homicídio.

“Dois adultos já estão presos. Um dos adolescentes foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente. O outro está com mandado expedido e ainda há um foragido”, explicou o delegado. Os maiores são Rodrigo Cordeiro Turczim, 19 anos, e Jonathan Carvalho de Lima, 24, detidos dentro do condomínio.

De acordo com o delegado, eles foram os atiradores que mataram a vítima. O motivo, segundo a polícia, seria o fato de José querer o bem dos jovens que vivem no condomínio. “Zecão era uma pessoa de boa índole e queria ajudar os jovens e vê-los trabalhando e estudando, então a presença dele ali incomodava os marginais”, comentou Amadeu.

Segundo o delegado, Rodrigo e Jonathan vão responder pelo crime de homicídio qualificado, associação criminosa e corrupção de menores. A polícia faz buscas pelo terceiro menor envolvido no crime.

O crime

Foto: Reprodução/Facebook.
Foto: Reprodução/Facebook.

Zecão foi morto ao chegar no condomínio, na Rua Eucaliptos, no bairro Riacho Doce. O homem tinha acabado de chegar ao prédio de carro, quando cinco homens foram em sua direção e atiraram várias vezes. O crime aconteceu na frente da esposa e do filho do casal, que tem apenas quatro anos.