Pernas em um local e corpo em outro. O crime macabro registrado nesta semana no Centro Cívico levanta a discussão sobre crimes de extrema violência já registrados em Curitiba e Paraná. Confira os casos mais marcantes de esquartejamento noticiados pela Tribuna!

Mata marido policial e finge sumiço!

ellen

As alianças que Ellen Homiak da Silva, suspeita de matar o próprio marido – o soldado da Polícia Militar Rodrigo Federizzi -, afirmava terem sido levadas durante assalto que ocorreu poucos dias antes da morte do policial, foram encontradas dentro de uma identidade que estava no manual de um Siena, durante reconstituição do crime feita pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Continue lendo!

Dono de pousada morto por dívida

Pedro

Mesmo sem o corpo, para a polícia civil de Guaratuba, no litoral do Paraná, o empresário Pedro Peres de Lima, 77 anos, desaparecido desde julho, está morto. Ontem, a delegacia de Guaratuba, prendeu Ednilson Teles dos Santos, 38, que confessou ter matado o Pedro para não pagar uma dívida de cerca de R$ 40 mil. Ele confessou que esquartejado e queimou a vítima na churrasqueira. Continue lendo!

Polícia descarta ser corpo de travesti!

Uma perna, os dois braços e a língua do homem. Estas partes foram encontradas às margens do Contorno Norte, no Butiatuvinha. Continue lendo!

Mulher é suspeita de esquartejar e enterrar corpo em quintal

tecnica-de-enfermagem

Ex-técnica de enfermagem, Fernanda Costa, 27 anos, disse que “as más companhias” a levaram a usar drogas e trabalhar em casas noturnas. Por fim, agora ela é suspeita de assassinato e está presa. Continue lendo!

Dia de trabalho incomum! Catador encontra partes de corpo

Um catador de materiais recicláveis levou um susto ao abrir uma lixeira, na Rua Angelina Legati Pasine, na Vila Pantanal, Alto Boqueirão. Ele encontrou o corpo de um homem esquartejado. Continue lendo!

Garota some e é encontrada em partes

A polícia confirmou que as partes de um corpo humano encontradas no Rio Carajás, em Ubiratã, cidade a 540 quilômetros de Curitiba, no Centro-Oeste do estado, pertencem a Tatiane Jezualdo, 24 anos. O tronco e as pernas, além de alguns objetos que pertenciam à moça, estavam em uma parte do rio bem próxima à propriedade da família do principal acusado de matá-la. Continue lendo!

Apartamento do terror!

A Delegacia de Homicídios fez a reconstituição de dois assassinatos seguidos de esquartejamento, ocorridos num apartamento do Centro Cívico, praticados pela quadrilha de Hirosshe de Assis Eda, 34 anos, o traficante de drogas conhecido como “Japonês”. O imóvel, que fica na Rua Comendador Fontana, 29, apartamento 13, pertence ao advogado José Cid Campello Neto, 29. Continue lendo!

Filhos perdem a mãe esquartejada e o pai suicida

 

 

Casal

As várias brigas entre o casal Elisângela Aparecida Schuvetz, de 28 anos, e Vilson dos Santos, de 30, já mostravam que a qualquer momento uma tragédia iria acontecer. Na manhã desta quinta-feira (6), ele teria conseguido convencer a mulher a voltar para a casa, na Rua Altevir de Lara, no Jardim Júpiter, em São José dos Pinhais, e quando ela chegaram em casa, a matou. Os filhos do casal presenciaram o crime e começaram a gritar após a tragédia. Continue lendo!

Amado embaixo da cama!

Nem mesmo a boa ação de tirá-la das ruas e levá-la para a própria casa impediu com que Márcia Aparecida Vanderlei, 29 anos, planejasse e matasse Sebastião Pereira dos Santos, 63 anos, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (RMC). Continue lendo!

Vontade bate e adolescente decide matar e esquartejar mulher

Um adolescente de 16 anos matou e esquartejou a catadora de papel Antonia Prestes da Silva, 50 anos, dentro da residência da vítima, na rua Carolina de Almeida Machado, Vila Brasília, em Mandirituba, região metropolitana de Curitiba. O adolescente foi apreendido em casa enquanto dormia. Continue lendo!

Locatária é morta por inquilinos e tem parte das pernas arrancadas

casal2

O casal que era inquilino de Maria Aparecida Vechia, 55 anos, conhecida como “Dona Cida”, foi detido, suspeito de assassinar brutalmente a mulher no dia 11 desse mês, em Araucária. Continue lendo!

Elize Matsunaga matou, esquartejou e transportou o marido em uma mala

Elize-Matsunaga

A bacharel em Direito Elize Araújo Kitano Matsunaga, de 31 anos, confirmou em juízo que matou e esquartejou o marido, o diretor executivo da Yoki, Marcos Kitano Matsunaga. la se recusou a responder as perguntas da acusação e a defesa se absteve de questioná-la. Continue lendo!