A Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) de Curitiba já encaminhou seis pessoas consideradas suspeitas da morte do estudante de engenharia civil Jorge José de Souza Faria, mas nenhuma delas foi presa ou considerada responsável pelo crime, registrado na última quarta-feira (30). O delegado responsável pelas investigações, Emmanoel David, pede que a população ajude com informações que possam levar ao verdadeiro responsável pelo latrocínio (roubo com morte).

O suspeito, um homem de camiseta preta com detalhes em verde, foi visto revirando um latão de lixo momentos antes do crime. “Por conta disso, acreditamos que seja até mesmo um usuário de drogas que estava muito alterado e, por isso, acabou cometendo o crime. Mas o que temos ainda é muito pouco”, explicou o delegado.

De acordo com a polícia, o roubou a carteira de Jorge, mas deixou o celular. “Neste caso especifico, se o aparelho tivesse sido levado, seria mais fácil para localizarmos pelo menos o celular. Mas estamos encontrando dificuldades, pois o que temos até agora são as imagens das câmeras de segurança”.

As imagens foram divulgadas pela DFR justamente para que a população ajude compartilhando informações. Por enquanto, o delegado explicou que seis homens foram levados à delegacia para que fossem confrontados com o que os investigadores já descobriram, mas nenhum deles foram considerados suspeitos. “Por isso digo que, nesse momento, precisamos muito da ajuda das pessoas, que vejam o vídeo e, se reconhecerem o homem, denunciem mesmo”, destacou Emmanoel.

Polícia pede ajuda da população para identificar o suspeito. Ligue (41) 3218-6100 e (41) 9 9281-7392. O anonimato está garantido.
Polícia pede ajuda da população para identificar o suspeito.

As denúncias sobre o suspeito do crime podem ser passadas pelo telefone da DFR. A Polícia Civil garante o anonimato do denunciante. Os contatos são os telefones (41) 3218-6100 e (41) 99281-7392.

O crime

Jorge tinha saído do estágio e seguia a pé para casa, quando foi abordado pelo assaltante, um rapaz de bermuda clara e camiseta preta, com algo escrito em verde na frente. Imagens das câmeras de segurança da rua captaram a abordagem e o momento da facada. Quando o bandido aborda o rapaz, os dois parecem discutir e é nesse momento que a vítima é ferida. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu logo depois.

https://tribunapr.uol.com.br/noticias/curitiba-regiao/policia-divulga-imagens-e-pede-ajuda-para-identificar-suspeito-de-roubar-e-matar-estudante/