Suspeito de atirar, sem nenhuma razão, em diversas pessoas em uma localidade rural no município de Itaperuçu, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), foi preso, nesta quarta-feira (3), o jovem Thiago Machado de Paula, de 20 anos. O rapaz, que tinha mandado de prisão em aberto, foi localizado na região rural do “Florestal”, no Barro Branco, também em Itaperuçu.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Polícia encontrou espingarda na casa do suspeito. Foto: Divulgação/Polícia Civil
Polícia encontrou espingarda na casa do suspeito. Foto: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com a Polícia Civil de Rio Branco do Sul, que investiga o caso, o jovem seria considerado uma espécie de “serial killer” e teria atirado em pessoas conhecidas e desconhecidas naquela localidade rural, sem motivação. Na casa de Thiago, foi encontrada uma arma de fogo, do tipo espingarda, com luneta de precisão, e quatro cartuchos deflagrados.

Ainda segundo a Polícia Civil, no dia 29 de maio, o rapaz teria disparado um tiro, com a espingarda apreendida agora, contra Edinor Cardoso dos Santos, de 59 anos, sem nenhuma motivação, sendo que a vítima só não morreu em razão de ter sido rapidamente encaminhada ao hospital. O tiro atingiu o abdômen da vítima, a qual reconheceu o suspeito.

+Leia também: Corpo de suspeito da morte de advogada é achado em estado de decomposição

Antes disso, no dia 18 de maio, Thiago teria disparado um tiro, também sem nenhuma razão, contra a jovem Jenifer Cristina Franã Costa, de 19 anos, a qual passava naquela estrada rural, de motocicleta. Sem qualquer motivo aparente, o suspeito teria se escondido em um matagal e atirado na vítima, a qual foi encaminhada ao hospital, mas sobreviveu.

Outras pessoas daquela localidade têm procurado a Delegacia de Rio Branco do Sul e relatado episódios parecidos, envolvendo um atirador que atira em pessoas carros sem nenhuma razão. Uma delas teve seu veículo Fiat Uno alvejado por um disparo, sem motivação. Agora que está preso, Thiago deverá responder pelos crimes de tentativa de homicídio e posse ilegal de arma de fogo.

Tentativa de estupro em bosque vizinho à escola deixa bairro em pânico