Anderson de Cássio Santos, 35 anos, foi preso na tarde de ontem (20) no centro de Curitiba. Ele é acusado de esfaquear a esposa Vanessa Barbosa de Lima Santos, 28 anos, na tarde da última terça-feira (19),que não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de quarta-feira.

Anderson estava fazendo compras em uma loja no centro de Curitiba quando os funcionários desconfiaram de sua postura e decidiram chamar a Guarda Municipal. Simultaneamente a Delegacia da Mulher, que já estavam procurando por ele, recebeu uma denúncia anônima que ele estaria nessa loja e foi até o local onde encontrou o suspeito já preso pela GM.

Na delegacia ele alegou nem saber que a esposa tinha morrido e negou a agressão. A delegada titular da Delegacia da Mulher, Samia Coser, contou que ele já havia sido preso no mês passado ” ele foi preso no dia 3 de setembro por agressão física e ameaças contra a Vanessa. Na audiência de custódia o juiz arbitrou fiança e ele foi liberado, mas deveria cumprir medida protetiva”, afirmou.

Anderson irá responder por feminicídio, homicídio praticado em violência doméstica.

Conduta médica

Vanessa foi atendida na Unidade de Pronto Atendimento 24 horas no Sítio Cercado. Ela recebeu atendimento e foi liberada poucas horas depois. De acordo com Samia, a conduta médica também será investigada pelo Decrisa, Delegacia de Proteção aos Crimes Contra a Saúde.