Um rapaz de 19 anos foi preso pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), na tarde da última terça-feira (7), quando foi prestar depoimento sobre um caso de homicídio e foi flagrado com a tornozeleira eletrônica rompida. Ele é suspeito de matar o adolescente Marcos Henrique Batista de Ramos, de 14 anos, como certo de contas por dívida de drogas, segundo o delegado Cássio Conceição.

O suspeito, Talisson Demiran Marafigo, foi intimado a comparecer à delegacia sobre o homicídio, já que uma denúncia dizia que ele seria o autor do crime. Quando foi prestar depoimento, os policiais constataram que ele cumpria pena em regime semiaberto desde 29 de maio de 2018, por crimes de furto e roubo qualificado, mas estava com a tornozeleira eletrônica violada. Por conta do descumprimento, ele acabou detido.

Um inquérito policial foi instaurado e o suspeito responderá também pelo homicídio qualificado. Ele permanece preso, à disposição da Justiça.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Pedido de liberdade de Lula é novamente negado pelo STJ; decisão foi unânime