Um dos suspeitos de ter participado do assassinato do sargento Antonio Carlos Pires foi preso na manhã desta terça-feira (29), perto da Rodoferroviária de Curitiba pela Polícia Militar (PM). Mikaell Benedito de Moura, de 20 anos, seria o motorista do Gol prata que parou ao lado do veículo do sargento. O crime aconteceu na noite do último sábado (26), na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

+Atualização! Preso segundo suspeito de matar policial militar na CIC

Segundo informações apuradas pela reportagem, Mikaell não seria o autor dos dois tiros que mataram Pires. Outras pessoas estão sendo procuradas pelo serviço de inteligência e até uma mulher teria participação no crime.

Mikaell já tem passagens policiais por tráfico, associação criminosa e receptação. O suspeito está no regime aberto, ou seja, está cumprindo pena em casa ou estabelecimento adequado. Nestes casos, é preciso trabalhar, frequentar curso ou exercer atividade autorizada, permanecendo recolhido durante o período noturno e dias de folga.

+Leia também: Corretora de bitcoin de Curitiba tem pedido de falência após supostas fraudes

De volta pra DHPP

Mikaell chegou a ser preso pela Polícia Civil, mas foi liberado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Após passar a manhã na Central de Flagrantes, foi comunicado que voltaria para a DHPP.

Foto: Hedeson Alves/Tribuna do Paraná.
Foto: Hedeson Alves/Tribuna do Paraná.

Ônibus com 23 alunos de Curitiba se envolve em grave acidente na BR-277. Duas pessoas morreram!