“Hoje foi triste e a manhã não foi muito boa”, palavra de Lauremir dos Santos, 42 anos, que sofreu um assalto a mão armada logo no começo da manhã desta quarta-feira (3), no Bairro Guaraituba, em Colombo, região Metropolitana de Curitiba. Na sequência, o assaltante levou um tiro no pescoço e foi encaminhado ao Hospital Cajuru com risco de morte.

O assalto

Lauremir estava na frente da casa da sogra quando um rapaz o abordou e ameaçou matá-lo com uma arma. O bandido queria levar o carro Chevrolet Astra. “A gente não paga para ver e dei a chave. Avisei logo a polícia que prontamente localizou o indivíduo”, ressaltou a vítima de roubo.

Policia no caminho

Após roubar o veículo, a Polícia Militar iniciou a busca e teve a ajuda de um primo de Lauremir que acompanhou o trajeto do assaltante. Já na Estrada da Ribeira, no Bairro Atuba, em Curitiba, os policiais iniciaram o processo de abordagem, mas o autor do roubo decidiu não colaborar. “O indivíduo esboçou reação e um dos policiais efetuou um disparo. Ainda sim, ele tentou fugir e colidiu na traseira de um caminhão e cruzou a pista”, afirmou o tenente Ivair Novato de Oliveira.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!

Não reagir

Após o susto, Lauremir dos Santos terminou de acompanhar o trabalho dos policiais e mesmo assustado, fez um alerta sobre o ocorrido. “Um carro você trabalha e consegue outro de volta. Já a vida é só uma”, concluiu o rapaz que teve um começo de dia agitado.

Motorista de aplicativo ganha mais dinheiro após iniciativa de curitibanos