Menos de 24 horas depois do crime, dois suspeitos de espancar um investigador da Polícia Civil foram presos pelos policiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), nesta quarta-feira (5). A dupla foi encontrada no Bairro Alto, em Curitiba. Segundo o que a polícia descobriu, a intenção dos bandidos era assaltar o policial, mas ele reagiu.

+Viu essa? Quadrilha aplica golpes em vítimas de roubo de carro. Prejuízo vinha em dobro 

O crime aconteceu na madrugada de terça-feira (4), quando o investigador, que trabalha na Delegacia do Adolescente, estava voltando para a casa. Ele foi abordado por pelo menos dois homens, que anunciaram assalto.

Na ação, que aconteceu na Rua Maria Justina Miranda, no Atuba, em Curitiba, além das agressões, que deixaram o policial muito machucado, os bandidos levaram dele o carro e a arma que portava. O policial foi encaminhado ao Hospital Cajuru, onde precisou de cuidados para que não morresse.

+Oportunidade! Quer ter um “escritório na praia”? Concurso tem vagas com salários de até R$ 11 mil

Apesar dos graves ferimentos, o investigador está consciente e disse aos colegas que, mesmo não conhecendo os homens que o agrediram, acreditava ter condições de reconhecer dois deles. A partir daí várias equipes da Polícia Civil, entre elas policiais da própria Delegacia do Adolescente, da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) e do Cope, passaram a investigar a situação.

Dupla presa

Segundo o que os policiais do Cope descobriram, quando a dupla abordou o policial e lhe deu voz de assalto, o investigador reagiu e deu voz de prisão aos dois homens. Como estava sozinho, ele conseguiu algemar um dos assaltantes, mas recebeu um golpe ‘mata leão’ do outro, que o derrubou.

A partir de então, os homens agrediram o policial e o deixaram num terreno baldio, onde foi socorrido. Segundo os policias que passaram a investigar o crime, o investigador foi muito espancado e teve sérios ferimentos, inclusive na cabeça.

+Viu essa? Mães saem no tapa dentro de shopping em Curitiba? Que história é essa?

As investigações do Cope chegaram até um endereço no Bairro Alto, onde primeiro os policiais acharam o veículo e a carteira funcional do policial. Logo depois, os dois suspeitos foram encontrados e presos. A dupla foi encaminhada à sede do Centro de Operações Policiais Especiais, no Boqueirão. A Polícia Civil deve fornecer mais detalhes sobre a prisão ao longo do dia.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Dia do Voluntariado traz grandes exemplos de dedicação ao próximo em Curitiba