Dois homens e uma mulher foram presos pela Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) com cerca de 560 quilos de maconha. A ação ocorreu nesta terça-feira (07), em uma casa na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Os três, com 20 anos de idade, foram presos em flagrante suspeitos de tráfico de drogas. A droga foi avaliada em R$ 560 mil.

Segundo as investigações, comandadas pelo delegado-titular da DFR, Matheus Laiola, os policiais chegaram até a residência onde estava o entorpecente quando investigavam possíveis receptadores de produtos furtados de residências. “Os policiais notaram um veículo deixando o local de forma súbita e em alta velocidade. Foi quando eles notaram que três pessoas tentaram fugir para uma residência vizinha”, contou Laiola. Os investigadores perceberam um forte odor característico da maconha vindo do interior da residência e decidiram averiguar.

“A equipe se surpreendeu logo que entrou na residência, pois a droga estava espalhada pela casa”, contou o delegado.

trio-preso2Além da droga!

Ao entrar na casa a polícia encontrou e apreendeu ainda uma balança de precisão e um caderno com anotações de uma provável contabilidade relacionada com a venda do entorpecente. Na sequência, os policiais foram até a residência para onde os suspeitos teria se evadido e identificaram Alexandro Aparecido dos Santos, Paula Francine Linhares Guilherme e Paulo Thiago Pereira da Silva.

Ficha longa

Os três suspeitos já contam com histórico criminal. Silva já respondeu por roubo agravado. Em fevereiro deste ano, Paula e Santos foram autuados por uso de entorpecente. Em março, Santos novamente, que já foi autuado por porte ilegal de arma de fogo, foi flagrado dirigindo um veículo sem habilitação.

Quando eram adolescentes, Santos respondeu por ato infracional de tráfico de drogas e homicídio qualificado, Paula acumula apreensões por receptação e roubo, enquanto que Silva já havia sido apreendido por tráfico de drogas.

Taxista apanha de suspeito de roubo após carro falhar. Confronto termina em morte na marginal da Linha Verde