Uma troca de tiros com a polícia no início da noite de sexta-feira (7), no Uberaba, em Curitiba, terminou com a morte de um suspeito de roubo de carro, com idade entre 20 e 30 anos. O confronto ocorreu quando uma equipe do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) tentou abordar um Fiat Cronos branco, dirigido pelo jovem, que não atendeu a ordem policial e iniciou uma fuga. O veículo teria sido roubado na quinta-feira (6).

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Segundo o capitão Simino, do Bope, responsável pela operação, uma viatura que fazia patrulhamento na região de divisa entre o Uberaba e São José dos Pinhais, Região Metropolitana, identificou o carro que estava com alerta de roubo e decidiu abordá-lo. “O motorista não respeitou a ordem e tentou se evadir com o carro. Houve perseguição tática, até que o carro se perdeu e bateu com a roda no meio fio. Nesse momento, ele desceu e estava armado com um revólver. Foi quando houve o confronto”, explicou o capitão.

A troca de tiros ocorreu na Rua Zacarias Gomes Souza, local onde a perseguição policial ao suspeito terminou. O jovem estava sozinho no carro. Contrariando a versão do Bope, uma moradora da Rua Zacarias disse que ouviu tiros antes do Fiat Cronos bater contra meio-fio. Segundo ela, os disparos começaram há pelo menos uma quadra de distância da casa dela. “Os tiros vieram desde lá de baixo da rua, até aqui perto”, disse em entrevista com imprensa no local.

O Siate chegou a ser acionado para prestar socorro, mas o jovem já estava em óbito. O corpo dele foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML). Como de praxe em confrontos dessa natureza, uma investigação policial deverá apurar o caso.

Mulher, encontrada morta por crianças, era funcionária da Colônia Penal Agrícola