Suspeita de produzir e vender históricos escolares falsos, Ana Paula Oliveira Costa, de 32 anos, foi presa pela Polícia Civil (PC) nesta segunda-feira (25). Ela foi detida no bairro Cidade Industrial de Curitiba (CIC), após uma denúncia.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Conforme a polícia, o denunciante relatou que Ana Paula iria vender um histórico escolar falsificado no estacionamento de uma supermercado da região. Uma equipe da PC foi até o local para averiguar tal informação e encontrou a mulher com um documento falso de Ensino Fundamental e Médio emitido pelo Colégio Estadual Teotonio Vilela.

+Leia também: Assassinato no Batel pode ter sido motivado por vingança; polícia já prendeu um envolvido

Ana Paula anunciava seus serviços nas redes sociais. Foto: Divulgação/Polícia Civil
Ana Paula anunciava seus serviços nas redes sociais. Foto: Divulgação/Polícia Civil

Durante a abordagem, a suspeita confessou que o documento era falso e informou que tinha produzido o material em sua casa. Na residência dela, a polícia apreendeu um computador usado para emissão dos históricos fraudulentos, além de acessórios, impressora e um carimbo da escola.

Ainda segundo a investigação, ela anunciava em uma rede social os serviços que oferecia. No computador apreendido foram encontrados diversos arquivos de outros documentos já finalizados e um outro que estava sendo confeccionado. A PCPR continua investigando pessoas que compraram a documentação e a mulher permanece à disposição da Justiça.

Passageiro leva tiro na perna após assalto a ônibus em Almirante Tamandaré