Um jovem que trabalhava vendendo churros em Campina Grande do Sul, município da região metropolitana de Curitiba, foi assassinado com um tiro no rosto durante um assalto, na noite desta segunda-feira (3). Felipe Rodrigues de Oliveira, 24 anos, estava com seu carro fazendo vendas na Rua Odete Cincora Pereira da Cunha, no Jardim Nesita, quando o ladrão se aproximou e anunciou o assalto.

Segundo testemunhas, o rapaz entregou R$ 20 do caixa ao bandido que teria reclamado, dizendo que era pouco dinheiro. O marginal resolveu levar o veículo que Felipe usava para vender seus produtos, então o trabalhador reagiu e entrou em luta corporal com o assaltante. Moradores da região disseram que Felipe conseguiu se desviar do primeiro tiro, mas o segundo foi fatal.

Foto: Átila Alberti
Foto: Átila Alberti

“Pela marca do disparo, o marginal usava um revólver calibre 38. Ele foi visto fugindo a pé. Trata-se de um jovem de pele clara, com aproximadamente 1,85m de altura. Populares o viram correndo em direção ao Jardim Paulista”, descreveu o delegado João Marcelo Chagas, da delegacia da cidade.

Câmeras

As equipes policiais conversaram com vizinhos que tem câmera de segurança em casa. “Vamos tentar levantar essas imagens para identificar o autor desse latrocínio [roubo com morte]”, explicou o delegado.

Ainda conforme a polícia, Felipe era vigilante e trabalhava com o carrinho de churros para complementar a renda. O rapaz faria 25 anos nesta terça-feira (4).

Foto: Átila Alberti
Foto: Átila Alberti