Um grupo de cerca de seis mil pessoas se reúne nesta quinta-feira (08), na Avenida Paulista, sentido Consolação, para realizar uma passeata em comemoração ao Dia Internacional da Mulher e em protesto contra a visita do presidente americano, George W. Bush, à cidade.

De acordo com a Polícia Militar, a manifestação começou por volta das 14 horas e o grupo deve seguir até o Museu de Arte de São Paulo (MASP), liderado por representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU). A PM estima que cerca de 10 mil pessoas se juntem ao grupo.

Segundo a CET, por volta das 15h45, os manifestantes, que carregam faixas com os dizeres "Fora Bush!" e "Não à guerra!" ocupavam a faixa exclusiva de ônibus e a faixa direita do sentido Consolação da avenida. O policiamento já foi reforçado na região para evitar que o grupo ocupe toda a via.