A seleção brasileira de futebol sub-17 viaja, hoje à noite, para a Finlândia, onde participará do Campeonato Mundial da categoria. O chefe da delegação é Wilson da Silveira, presidente da Federação Goiana de Futebol. Segundo o técnico Marcos Paquetá, o Brasil caiu no grupo mais difícil da competição, junto com Camarões, campeão africano, Portugal, campeão europeu, e o Yemen, vice-campeão da África e caracterizado pelo avantajado porte físico de seus integrantes.

A seleção brasileira está escalada com Bruno (goleiro do São Paulo), Léo (Flamengo), João (Internacional), Leonardo (Santos), Sandro (Vitória), Júnior (Vasco), Arouca (Fluminense), Éder (Rio Grande do Sul) e Jonathan ( Cruzeiro). Os atacantes são Abuda, do Corínthians, e Rogatto, do Guarani.

O Brasil estréia dia 14 contra Camarões. Os jogos seguintes serão contra Portugal, no dia 17, e contra o Yemen, no dia 20. O árbitro brasileiro da competição é o paranaense Héder Roberto Lopes, da Fifa.