O governo concedeu prazo até às 18h de amanhã para que os sem-teto desocupem o prédio da antiga sede do Banestado, no centro de Curitiba. Depois disso, a retirada pode ser feita mediante reforço policial. Hoje, a comissão de mediação esteve no edifício para conversar com os integrantes do Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM). Os sem-teto resistem em deixar o local e dizem que só saem quando houver outro lugar para onde ir. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)