O Instituto Ambiental do Paraná realizou uma operação para fiscalização e autuação de corte ilegal de imbuias centenárias e pinheiros do Paraná. Participaram o secretário estadual do Meio Ambiente, Luiz Eduardo Cheida, e o presidente do IAP, Rasca Rodrigues. A medida foi uma operação conjunta com o Grupamento Rone ? Ronda Ostensiva Natureza Especial ? da Polícia Florestal, sob o comando do capitão Kuczynski.

A operação aconteceu, na terça-feira (06), no município de Palmas, região Sul do Estado, em diversas propriedades e contou com dois helicópteros da Casa Civil e Polícia Militar.

No último dia 1º de maio, fiscais do IAP apreenderam, em flagrante, 800 toras de imbuias ? extraídas de forma seletiva e ilegal de uma Área de Proteção Permanente de 1.200 hectares, de propriedade de Jairo Jorge. O corte estava sendo realizado por Heitor Zanini, da empresa Lamitoras, de Curitiba.

No flagrante, foram detidas cinco pessoas, entre elas dois funcionários da empresa, um caminhão, um trator guincho, espingardas com munição e duas moto-serras. No escritório do IAP de União da Vitória, responsável pela fiscalização, foi lavrada multa pela Polícia Florestal no valor de R$ 230.700,00, além do embargo e apreensão da madeira.