Técnicos de institutos de pesquisa tecnológica e gestores de centros de design de todo o País estiveram reunidos nesta quinta-feira (22), em Brasília, para debater a relevância e aplicabilidade dos critérios de excelência na gestão de entidades da área. O evento segue até sexta (23) com os lançamentos do 9º ciclo do Projeto de Excelência na Pesquisa Tecnológica e o 3º ciclo do Projeto de Excelência na Gestão de Unidades de Design.

O evento, realizado pela Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica (Abipti), conta com o apoio do Sebrae, do Ministério da Ciência e Tecnologia, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ), além de 34 institutos de pesquisa tecnológica brasileiros.

Durante a abertura do evento, o ministro da Ciência e Tecnologia Sergio Rezende, destacou a importância das instituições na configuração das cadeias produtivas e da interação entre os estados e o Governo Federal. "Estamos num momento de balanço e reflexão sobre as ações que foram tomadas nos últimos quatros, e o que devemos fazer para crescer. Acredito que é preciso procurar uma intensa unidade com os atores envolvidos para realizarmos parcerias", avaliou.

No terceiro ano de sua edição, o evento pretende apresentar as experiências dos institutos e proporcionar o compartilhamento dos critérios de excelência na gestão de empresas de todos os porte e setores. Nos ciclos de avaliação já realizados, de 1998 a 2006, foram registrados 103 relatórios de avaliação elaborados pelos institutos e 11 questionários elaborados por unidades de design.

Diferencial competitivo

Com a proposta de fortalecer a tecnologia e o design como elementos de agregação de valor e de diferencial competitivo às micro e pequenas empresas de todo o País, a Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica (Abipti), em parceria com o Sebrae, criaram, em 2005, o projeto Excelência na Gestão de Unidades de Design (EGD), que integra o programa Excelência na Gestão de Instituições Tecnológicas.

O projeto, que tem por base os critérios utilizados em 65 países e disseminados no Brasil pela FNQ, tem o objetivo de apoiar os centros de design na melhoria de suas práticas de gestão. A idéia é ampliar a interação com o mercado e os resultados no atendimento das demandas de instituições do segmento.