A fiscalização dos produtos alimentícios, direitos dos consumidores, responsabilidade das indústrias, situação e perspectivas da produção e o agronegócio leiteiro no Paraná são alguns dos assuntos que vão estar em discussão no 3º Seminário Estadual sobre Qualidade do Leite, promovido pela Secretaria das Agricultura.

O evento, em parceria com as Secretarias da Saúde, do Trabalho e da Educação, será realizado nesta segunda e terça-feira, no Cietep. Um dos objetivos é fomentar o desenvolvimento das cadeias produtivas do leite. O encontro pretende ainda avaliar se as exigências de qualidade do produto distribuído no programa Leite das Crianças estão sendo cumpridas.

De acordo com o diretor geral da SEAB, Newton Pohl Ribas, a idéia é proporcionar uma reciclagem no sistema de qualidade do leite e mostrar aos produtores como produzir em quantidade, mas sem deixar a qualidade de lado.

"Esta também é uma forma de apoiar os produtores para que melhorem a qualidade do leite do seu rebanho", explicou. Ele acredita que, monitorando todo o mês, é possível identificar criadores que trabalham fora dos padrões exigidos pelo serviço de inspeção estadual", explicou Newton Ribas.

Hoje, o leite distribuído às crianças passa por análise mensal de qualidade, quando são conferidos teor de gordura, de proteína, lactose, contagem de bactérias e de células somáticas – para detectar mastites nos rebanhos. O controle de outras infecções de glândulas mamárias e o uso indiscriminado de antibiótico também são acompanhados pelos técnicos da Divisão de Sanidade Animal da Secretaria da Agricultura.