O plenário do Senado aprovou – por 30 votos a favor e 22 contrários – a Medida Provisória 316, que garante reajuste de 5 01% para as aposentadorias com valor acima de um salário mínimo pagas pelo INSS. Os senadores rejeitaram a emenda do PFL e do PSOL que propunha um reajuste de 16,87%. Entre os senadores que votaram a favor dos 5,01% estão Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Arthur Virgílio (PSDB-AM).