Brasília (AE) – Por um voto, o governo conseguiu, no plenário do Senado, evitar a aprovação de uma emenda da oposição que reajustaria para 310 reais o valor do salário mínimo de 300 reais. O projeto havia sido apresentado à medida provisória (MP) que está em vigor desde 1.º de maio que fixou o mínimo em 300 reais. A MP foi mantida em vigor pelos votos favoráveis de 28 senadores, contra 27 que defendiam um reajuste para 310 reais. Caso a oposição tivesse conseguido aprovar a proposta, a idéia de aumento do mínimo teria de ser, novamente, submetida à votação do plenário da Câmara.