O lateral-esquerdo Serginho deve ficar pelo menos dois meses sem jogar, por causa de uma cirurgia nas costas realizada ontem para a correção de uma hérnia de disco. Segundo o clube, ele passa bem, e o técnico Carlo Ancelotti conta com ele para o jogo de ida das oitavas-de-final da Liga dos Campeões, que será no dia 20 de fevereiro.

Serginho, de 35 anos, está no Milan desde 1999, e está nos planos da diretoria do São Paulo para o lugar de Danilo, que deixou o clube para defender o Kashima Antlers, do Japão. O jogador atuou três anos no tricolor paulista antes de defender a equipe de Milão.

A cirurgia de Serginho é apenas um dos problemas médicos do atual grupo do Milan, que sofre com as ausências de outros seis jogadores: o goleiro Dida, que também só deve voltar no ano que vem, o lateral Cafu, os zagueiros Nesta, Costacurta e Favalli e o volante Gattuso. Nenhum deles tem condição de jogo para enfrentar hoje o Lille, pela última rodada da primeira fase da Liga – o time já garantiu o primeiro lugar do Grupo H.