O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, entrou com representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pedindo direito de resposta no programa do presidenciável Ciro Gomes (PPS). O pedido ainda será examinado pelo ministro-substituto Francisco Peçanha Martins.

Serra alega que foi veiculado novamente o trecho proibido pelo TSE em que o locutor do programa de Ciro diz “os golpes baixos acabam aqui”.

Segundo o TSE, o trecho havia sido suspenso por meio de liminar concedida pelo ministro José Gerardo Grossi, ontem.
A frase foi veiculada na abertura do programa do candidato do PPS, que entrar no ar logo após o de Serra. Na liminar, Grossi entendeu que são injuriosas as cenas de vídeo mostradas no programa eleitoral.

A defesa do tucano pede ao TSE o tempo mínimo de um minuto para o direito de resposta e a citação de Ciro para apresentar defesa no prazo de 24 horas. (Correio Web/FolhaNews)