O governador Roberto Requião assinou um decreto que assegura a progressão salarial para 21.951 servidores que compõem o Quadro Próprio do Poder Executivo (QPPE). A progressão começa a valer em janeiro e representa acréscimo nos vencimentos dos funcionários de, em média, 12%.

Têm direito ao benefício os servidores integrantes do QPPE com mais de cincos anos de tempo de serviço ? atualmente praticamente todos estão nessa situação. Com a progressão, a cada cinco anos de trabalho no Estado, o funcionário muda de faixa salarial. Dessa forma, quem está há dez anos como estatutário, vai saltar duas faixas. Aqueles com 15 anos, pulam três faixas, e assim sucessivamente.

"O decreto da progressão, que vigora a partir de janeiro, vai melhorar os vencimentos dos servidores em torno de 12%, em média", ressalta a secretária da Administração e da Previdência (Seap), Maria Marta Lunardon. Cálculos do Departamento de Recursos Humanos (DRH) da Seap apontam que o aumento na folha de pagamento será, num primeiro momento, de R$ 3,6 milhões por mês.