Servidores da Justiça Federal do Paraná promoveram hoje ato público em frente à sede da instituição, na Rua Anita Garibaldi, em Curitiba, para protestar contra o atual projeto da reforma da Previdência. Com caminhão de som, música ao vivo, distribuição de refrigerante e pipoca, os servidores queriam chamar a atenção para o polêmico projeto. Uma assembléia define hoje se a greve, que iniciou no último dia 10, deve continuar.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores da Justiça Federal do Paraná e do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Pedro Manoel dos Santos Neto, a adesão à greve em Curitiba é de quase 90%. Das 19 Varas, apenas três estão funcionando: a 1ª Vara de Execuções Fiscais, Vara Previdenciária e 4ª Vara Cível. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)