Servidores estaduais da saúde estão realizando desde quinta-feira plantão em frente ao Palácio Iguaçu, em Curitiba. Eles reclamam das más condições de trabalho, reivindicam reposição salarial e dizem que só vão deixar o local quando forem atendidos pelo governador Roberto Requião.

De acordo com a coordenadora do sindicato que representa a categoria (Sindisaúde), Mari Elaine Rodella, o protesto é para chamar a atenção do governo para a ausência de reajuste salarial nos últimos oito anos. ?Há oito anos o pessoal de nível médio e elementar não tem reajuste. O que houve foi a gratificação de assiduidade de R$ 100,00, que sequer foi estendido aos aposentados?, reclama. As perdas salariais no período, afirma, chegam a 95%. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)