O Instituto Simepar informou que na madrugada e na manhã de ontem foram registradas as mais baixas temperaturas deste ano. Na cidade de Entre Rios, na região de Guarapuava, os termômetros marcaram 1,6ºC. Em Curitiba, a mínima registrada foi de 6,4ºC. Dos 36 pontos de pesquisa do Simepar, apenas a estação de Guaratuba, no litoral, indicou temperatura acima dos 10ºC.

Houve uma geada fraca somente na cidade de Nova Cantu, na região central. A previsão para os próximos dois dias aponta que o frio deve continuar em todo o Estado.

“Esta foi a primeira massa de ar frio de porte do ano”, afirma o meteorologista Marco Antônio Rodrigues. De acordo com ele, outra massa desse tipo passou pelo Paraná em abril, mas sem a mesma intensidade.

Rodrigues explica que nos próximos dois dias o tempo continua frio, com sol e praticamente sem nuvens em todo o Estado. Podem ocorrer geadas fracas na Região Metropolitana de Curitiba, principalmente nas regiões de vale, e moderadas nas cidades que estão acima de mil metros de altitude, como Castro, Jaguariaíva, Ponta Grossa, Guarapuava e Palmas. A partir do final de semana, a massa de ar frio deve perder intensidade e se deslocar para o Oceano Atlântico, o que fará as temperaturas subirem.

Outono normal

Segundo o meteorologista, uma pesquisa realizada pelos climatologistas (profissionais que estudam o clima) do Simepar indica que o outono deste ano vai ser normal, com massas de ar frio baixando a temperatura por dois ou três dias. A partir disso, a tendência é que elas aumentem gradativamente até a chegada de uma nova frente fria.

Rodrigues recorda que no ano passado as temperaturas do outono e do inverno foram mais altas por causa da ação do El Niño. “Este fenômeno não favorece a entrada de massas de ar frio, o que aumenta as temperaturas”, afirma.