Na próxima segunda-feira de manhã, está marcada uma reunião informal entre o Sindicato dos Trabalhadores em Trânsito, Transporte e Urbanização de Curitiba (Sindiurbano) e um procurador do Ministério Público do Trabalho. Neste encontro, a diretoria do Sindiurbano quer buscar esclarecimentos jurídicos à respeito da legalidade das demissões de agentes de trânsito, ocorridas nos últimos dois anos. O sindicato também pretende ser orientado pelo procurador do trabalho (cujo nome foi mantido em sigilo pelo Sindiurbano, por se tratar de uma reunião informal), sobre que providências tomar para assegurar o emprego de alguns agentes que desde o ano passado estão sob ameaça de demissão. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)