A Secretaria de Segurança do Rio informou nesta sexta-feira (19) que apenas metade das tropas da Força Nacional de Segurança no Estado – 250 homens – seguiria ainda hoje para as divisas. A outra metade continuaria aquartelada aguardando instruções, podendo inclusive atuar dentro do município, "o que não havia sido previsto até então". Essa última informação não foi confirmada pelo comandante da Força.

A saída das para as divisas era esperada para esta manhã. O comandante da tropa, coronel Aurélio Ferreira Rodrigues, havia anunciado que 36 carros da Força deixariam o Centro de Aperfeiçoamento e Formação de Praças da Polícia Militar, onde estão aquartelados, rumo às divisas com Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo até o meio-dia. Porém, às 11h15, a Secretaria de Segurança não sabia informar quando começaria o deslocamento.

Quatro municípios deverão receber os militares: Barra Mansa, Bom Jesus do Itabapoana, Miracema e Paraíba do Sul. Acordos com as prefeituras que viabilizem a hospedagem dos militares podem estar atrasando o início da operação apelidada de Divisa Integrada.