O Supremo Tribunal Federal (STF) realiza sessão plenária, a partir das 14 horas, para o julgamento de processos. Será analisado recurso extraordinário contra a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que em abril de 2004 cassou os mandatos do senador João Capiberibe e de sua mulher, a deputada federal Janete Capiberibe, ambos do PSB do Amapá.

A ação contra o casal foi impetrada pelo diretório regional do PMDB amapaense. Os dois parlamentares, que ainda permanecem nos cargos por causa de uma liminar concedida em novembro do ano passado pelo ministro do STF Eros Grau, são acusados de compra de votos por dois eleitores no pleito de 2002.