Porto Alegre, 15 (AE) – O Internacional ganhou do Grêmio, por 2 a 0, gols de Fernandão e Chiquinho, nesta quarta-feira à noite pela Copa Sul-Americana, e agora pode até perder por um gol de diferença no jogo de volta, na próxima quarta-feira, no Olímpico para se classificar para a próxima fase da competição. Se perder por dois gols de diferença, ainda tem a chance de ganhar a vaga nos pênaltis.

O técnico Muricy Ramalho mandou um volante, Álvaro, marcar Cláudio Pitbull individualmente e deixou os dois zagueiros, Edinho e Vinícius, controlando Christian. A estratégia deu certo e evitou que os atacantes tricolores entrassem na área colorada.

No primeiro tempo o Grêmio só ameaçou duas vezes, com chutes de Felipe Melo e de Fábio Pinto que encontraram Clemer bem colocado e atento para fazer as defesas. Embora não tivesse um volume de jogo maior, o Internacional soube aproveitar uma das quatro oportunidades que teve.

Aos 32 minutos, Rafael Sobis lançou Danilo, que foi à linha de fundo, na esquerda e cruzou para Fernandão, de frente para o gol marcar.

Na tentativa de reverter a situação, o técnico Cuca refez seus planos no intervalo, colocando o lateral-direito George no lugar do zagueiro Claudiomiro. A substituição mudou o esquema do 3-5-2 para o 4-4-2 e liberou o volante Felipe Melo, que estava improvisado na ala, para voltar ao meio-de-campo. Mas não mudou o panorama do jogo. O Internacional manteve a marcação forte e passou a explorar o nervosismo dos jogadores do Grêmio, que demonstraram vontade, mas não tiverem recursos técnicos para virar o jogo. O chute mais perigoso foi um cruzamento de Cláudio Pitbull em que a bola caiu atrás de Clemer, mas em cima do travessão. A resposta do Internacional teve mais qualidade.

Aos 41 minutos, um chute de Fernandão passou por Márcio e foi salvo por Fábio Bilica em cima da linha. Aos 42, Chiquinho recebeu um passe de Élder Granja, dominou e acertou um chute de voleio para fazer 2 a 0.

INTERNACIONAL – Clemer; Élder Granja, Edinho, Vinícius e Felipe (Chiquinho); Álvaro, Gavilán, Marabá e Fernandão; Rafael Sobis e Danilo (Diego). Técnico: Muricy Ramalho.

GRÊMIO – Márcio; Fábio Bilica, Claudiomiro (George) e Baloy; Fábio Pinto (Marcelinho), Cocito (Luciano Santos), Leanderson, Felipe Melo e Cristiano; Cláudio Pitbull e Christian. Técnico: Cuca.

GOLS – Fernandão aos 32 minutos do 1º tempo; Chiquinho aos 42 minutos do 2º tempo.

JUIZ – Márcio Rezende de Freitas (Fifa-MG).

CARTÕES AMARELOS – Felipe, Álvaro, Baloy, Fábio Bilica e Marcelinho.

PÚBLICO – 16.341 espectadores (13.384 pagantes).

RENDA – R$ 104.869,00.

LOCAL – Beira-Rio.