Brasília – O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados suspendeu, há pouco, a reunião em que seria votardo o relatório do deputado Nelson Trad (PMDB-MS) que recomenda a cassação do mandato do deputado Roberto Brant (PFL-MG. A reunião foi suspensa por determinação da Mesa da Câmara por causa da Ordem do Dia no plenário. O relatório será votado amanhã (26) de manhã.

O presidente do conselho, Ricardo Izar (PTB-SP), disse que a votação está dividida. Segundo ele, de acordo com o regimento, caso haja empate, o presidente do conselho desempata. "Se empatar, eu vou ter de decidir. Já tenho a minha posição tomada e, se tiver de votar, votarei", disse.

Para ser aprovado e ir a plenário, o relatório precisa ter oito votos no Conselho de Ética. A Secretaria Geral da Mesa da Câmara explicou que, caso não haja oito votos, o relatório pode ir a plenário sem aprovação no conselho. Entretanto, Ricardo Izar disse que, caso o relatório receba oito votos, a sessão será suspensa. "Para aprovar, é preciso de oito votos. Se não, suspendo a sessão e programo uma nova reunião", informou.